Casal é executado na frente dos filhos

Um casal foi executado com 30 tiros na frente dos três filhos na madrugada desta sexta-feira no distrito de Brigadeiro Tobias, em Sorocaba, no interior de São Paulo. O ajudante geral José Carlos da Silva, de 38 anos, recebeu 11 tiros e a mulher, a funcionária pública Aparecida Machado, de 32, outros 19. Eles foram encontrados no banheiro da casa em que moravam.Segundo os policiais militares, uma testemunha informou que três homens arrombaram a porta da casa para matar o ajudante geral. A suspeita é de que Aparecida, que trabalhava como merendeira numa creche municipal, tenha sido morta para não delatar os autores do crime. As três crianças foram separadas dos pais na hora da execução, mas presenciaram os crimes, pois a casa tem apenas um cômodo, além do banheiro.Elas foram colocadas sob os cuidados do Conselho Tutelar. O crime está sendo investigado pela Delegacia de Investigações Gerais (DIG) que já tem pelo menos um suspeito. A hipótese é de que a execução de Silva tenha ocorrido por vingança.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.