Casal é indiciado por espancar filha até a morte em BH

A Polícia Civil de Minas Gerais indiciou Luciene Coutinho Souza, de 27 anos, e seu namorado, Luiz Eduardo Cassiano Rodrigues, de 25, conhecido como Carioca, pela morte da filha dos dois, Joyce Souza Firmino. A menina, de 1 ano e meio, foi espancada pelos pais na noite de quarta-feira, dia 1º, em uma casa abandonada que eles ocupavam, na região norte de Belo Horizonte. O inquérito policial foi concluído nesta terça-feira e o caso será analisado pela Justiça. Luciene está presa na penitenciária Estêvão Pinto. Carioca está foragido. Segundo a Polícia Civil, o crime ocorreu durante uma discussão do casal. A mãe, irritada com o choro de Joyce, começou a bater na menina, e foi acompanhada pelo namorado. Horas depois, ela levou a filha ao Hospital de Venda Nova, mas já estava morta. Outra filha de Luciene, de 5 anos, também sofreu agressões e chegou a ser hospitalizada. Luciene disse à polícia estar grávida de três meses.

Agencia Estado,

08 Fevereiro 2006 | 19h40

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.