Divulgação
Divulgação

Casal é preso em MG suspeito de trocar filha de 7 meses por moto

Denúncia do caso em São Lourenço foi feita por um parente dos pais da menina; homem e mulher de Santa Rita do Sapucaí haviam ficado com a criança

Leonardo Augusto, Especial para o Estado

13 Dezembro 2016 | 16h04

BELO HORIZONTE - Um casal foi preso em São Lourenço, na região sul de Minas Gerais, suspeito de trocar a filha de 7 meses por uma moto. Um outro casal, da cidade de Santa Rita do Sapucaí, também no sul do Estado, que estava com a criança, foi ouvido pela Polícia Civil e liberado em seguida. A denúncia da suposta troca foi feita por um parente dos pais da menina.

"Está em andamento agora uma investigação, para ver se isso de fato ocorreu", afirmou a integrante do Conselho Tutelar de São Lourenço, Sandra Silva Nascimento. A criança está em abrigo sob a custódia do Estado.

Se comprovada a tentativa de troca, os pais podem perder a guarda da filha, conforme previsto no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA). O depoimento do casal que estava com a menina ocorreu nesta segunda-feira, 12. A liberação do homem e da mulher ocorreu porque não houve flagrante.

Existe a suspeita de que a suposta troca teria ocorrido há mais tempo. Os dois, conforme informações da polícia, afirmaram que a criança havia sido levada para Santa Rita do Sapucaí para ser batizada. A moto que teria sido utilizada na troca foi avaliada em R$ 4,8 mil e foi apreendida pela polícia.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.