Casal é preso em São Paulo por crime de falso seqüestro

Policiais militares da 2ª Companhia do 2º Batalhão, com o auxílio de policiais do Centro de Operações da Polícia Militar (Copom), detiveram, na madrugada desta terça-feira, na zona leste da capital paulista, um casal integrante de uma quadrilha que oferece apoio logístico a presos do sistema carcerário do Rio de Janeiro.Adílson William da Luz, de 24 anos, e Tatiana dos Santos, de 25 anos, passavam a detentos do Rio informações e telefones das potenciais vítimas, às quais os presidiários ligavam, via celular e de dentro da cadeia, passando-se por seqüestradores, e exigindo dinheiro para que familiares destas pessoas fossem liberados.Uma jovem de 30 anos, vítima da quadrilha, foi contactada por um detento da capital fluminense e, ao ser convencida de que seu irmão estava em poder do suposto seqüestrador, resolveu entregar nas mãos do casal jóias num valor aproximado de 10 mil reais.Horas depois, o casal foi abordado pelos policiais no Parque Artur Alvim, na zona leste, e encaminhado ao 63º Distrito Policial, de Vila Jacuí, onde a proprietária das jóias reconheceu os criminosos e os pertences de valor a eles entregues.Esta matéria foi alterada às 10h51 para acréscimo de informações.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.