Casal é preso na Espanha por seqüestro de brasileiras

A Polícia espanhola deteve nesta sexta-feira, 16, duas pessoas acusadas de seqüestrar mulheres no Brasil e forçá-las, sob ameaças, a praticar prostituição no país, informaram oficiais. Os acusados são Luis Gabriel F.O., de 39 anos, e sua esposa, a brasileira Deise da C.S., de 37 anos. Eles capturavam as vítimas e as prendiam em uma casa na Espanha. Ali, eles as obrigavam a se prostituir alegando que precisavam pagar uma suposta dívida contraída durante a viagem. Mesmo sendo ameaçada de morte, uma delas ameaçou fugir do local e fazer uma denúncia. Paralelamente, os familiares da jovem desaparecida iniciaram no Brasil a busca por sua filha e denunciaram à Polícia Federal que a jovem estaria sendo forçada a se prostituir. Os investigadores policiais conseguiram relacionar as duas denúncias e averiguaram a situação em que viviam um grupo de mulheres na propriedade dos acusados em Bilbao. Outras três pessoas, um homem e duas mulheres, também brasileiros, foram presos por permanência irregular no país.

Agencia Estado,

16 Fevereiro 2007 | 11h21

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.