Casal em lua de mel morre afogado em Porto de Galinhas, em Pernambuco

Turistas estavam tomando banho na praia do Cupe, de mar aberto

Ângela Lacerda, O Estado de S. Paulo

05 Agosto 2011 | 09h35

RECIFE - Um casal de Brasília que passava a lua de mel em Porto de Galinhas, município metropolitano de Ipojuca, em Pernambuco, morreu afogado na tarde de quinta-feira. Marcos de Almeida Augusto, 23 anos, e Daniela Silva de Araújo, 20, estavam tomando banho na praia do Cupe, de mar aberto.

 

"Um acidente, lamentável", resumiu o delegado local, Paulo Rameh, ao confirmar as mortes por afogamento. Segundo ele, o casal entrou na água por volta das 13h. Algum tempo depois banhistas viram algo errado, chamaram o pessoal do Hotel Armação, onde o casal estava hospedado, e retiraram os corpos da água.

 

"Uma enfermeira do hotel fez o primeiro atendimento, tentando, sem sucesso, reanimá-los", contou o delegado. Em seguida foram chamados os guarda-vidas, a cerca de um quilômetro do hotel. Em vão.

 

O delegado explicou que quatro praias fazem parte de Porto de Galinhas: as de Muro Alto e da Vila do Porto são tranquilas, protegidas por arrecifes; a de Maracaípe própria para o surfe e a do Cupe, de mar aberto. Ele acredita que alguma correnteza ou baixios na areia possam ter levado ao acidente.

 

Os corpos foram encaminhados para o Instituto de Medicina Legal (IML), no Recife. A mãe de Daniela foi avisada do ocorrido, por telefone, pelo delegado. "Ela entrou em estado de choque ao receber a notícia", afirmou, abalado.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.