Casal encontra R$ 220 enrolados em boleto e decide pagar conta

Caso aconteceu em Camaçari, na região metropolitana de Salvador; atitude repercutiu nas redes sociais

Júlia Marques, O Estado de S. Paulo

07 de julho de 2015 | 18h15

Um casal de comerciantes encontrou R$ 220 em uma rua de Camaçari, na região metropolitana de Salvador, no último sábado, 4, quando saía do restaurante onde trabalha, por volta das 16h30. A primeira reação de Cleiton Tavares, de 30 anos, foi se alegrar. "Estamos abonados!", disse à esposa. Só depois viu que o dinheiro estava enrolado em uma conta de luz e pensou em como faria para devolvê-lo. A mulher, Geiza Matos, de 31 anos, teve uma ideia melhor: pagar a conta. 

A dívida foi paga no próprio sábado pelo casal, que procurou rapidamente por uma casa lotérica, antes que fechasse, às 18 horas. "O mais surpreendente para mim foi a ideia dela. Minha esposa falou: é mais interessante a gente pagar logo." No próprio sábado, Tavares publicou uma foto da conta de luz, em nome de Jaqueline Santos, no Facebook, com o comprovante de pagamento anexado.

Hoje a tarde eu e Geiza Matos achamos 220 reais enrolado nessa conta de energia...Nome: Jaqueline Andrade SantosEndere...Posted by Cleiton Tavares on Sábado, 4 de julho de 2015

A postagem teve milhares de compartilhamentos e elogios na rede social. No dia seguinte, a dona da conta foi encontrada pelo casal. Segundo Tavares, Jaqueline estava emocionada e surpresa com a atitude. "Ela não esperava. Me deu um abraço e agradeceu", disse. 

Para ele, a reação das pessoas na internet é surpreendente. Na tarde desta terça-feira, 7, a publicação de Tavares já tinha quase 25 mil compartilhamentos e mais de 20 mil curtidas. "Eu sou um cara que não tenho nem 60 curtidas em meus posts no Face", brinca. "No mundo em que vivemos, perdemos a noção de que o bem não é para ser aplaudido. O bem é para fluir na Terra. Você faz uma coisa normal e tem toda essa comoção."

"Vivemos em um mundo onde a busca maior é a satisfação em se ver em ascensão. Porém, no meu caso, fico feliz em ver milhares de pessoas me deixando satisfeito por reconhecerem que a honestidade seria a cura da nação", completou. 

Mais conteúdo sobre:
CamaçariBahiaSalvador

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.