Casal francês deixa hospital em Salvador

O casal francês Michele Caudre, de 64 anos, e Jean Maxime, de 62, que havia sido assaltado e agredido no sábado, no barco em que viajava, na Ilha de Itaparica (BA), recebeu alta ontem do Hospital Roberto Santos, em Salvador. O caso mais grave é de Maxime, que sofreu fratura na mandíbula e precisa ser operado, mas pode aguardar a cirurgia fora do hospital. Os franceses, que não falam sobre o caso, chegaram ao Brasil em 16 de outubro. Na sexta-feira, ancoraram na Baía de Todos os Santos. No dia seguinte, dois homens armados, em um bote, renderam os dois e levaram R$ 20 mil e produtos eletrônicos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.