Casal invade casa de César Maia para fugir de assalto

Para fugir de uma tentativa de assalto, um casal invadiu, de carro, a garagem da residência oficial do prefeito do Rio, na Gávea, na madrugada de ontem. Com um tiro no ombro, o economista José Francisco Feital, de 52 anos, e sua mulher Denise foram socorridos pela guarda municipal que faz a segurança da residência. O prefeito César Maia não estava na casa, que costuma hospedar o presidente Fernando Henrique Cardoso quando visita a cidade.O delegado de plantão da 15ª Delegacia de Polícia (Gávea), Roberto de Oliveira, informou que o Jeep Cherokee de Feital foi abordado depois que os assaltantes, a bordo de um Opala Diplomata, tentaram, sem sucesso, roubar o Audi do banqueiro Francisco Pierotti, sócio do banco Fator, na subida da estrada das Canoas. Segundo o delegado, os assaltantes atiraram contra o Audi, mas o veículo é blindado."O motorista percebeu a aproximação do outro carro e acelerou", contou o delegado. "O Audi é mais potente e deixou os assaltantes para trás, para azar do casal que estava passando, na hora, na Cherokee". Oliveira informou que apenas o motorista Samir estava no carro na hora da tentativa de assalto. Ele tinha acabado de deixar o banqueiro em uma festa. Os ocupantes da Cherokee também tentaram fugir acelerando o veículo e outra vez os assaltantes fizeram vários disparos."O motorista ferido tentou encontrar algum abrigo e jogou o carro na primeira garagem que viu pela frente", explicou o delegado. Era exatamente a da casa do prefeito. O casal não soube informar quantas pessoas ocupavam o Opala porque o carro estava com farol alto, colado na traseira do Cherokee. A assessoria do prefeito informou que ele não está utilizando a casa da Gávea Pequena porque a residência está com problema de infiltrações. Tanto que, em breve, entrará em obras. Sobre o ocorrido, César Maia preferiu não se manifestar.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.