Casal morre asfixiado por aquecedor no Paraná

Polícia acredita que os dois morreram após colocarem fogo em uma lata com querosene em um ambiente fechado

Agência Estado,

11 de junho de 2012 | 19h55

PARANÁ - Os corpos do casal Edson Lopes dos Reis, 38 anos e Inês da Silva Queiróz, de 36 anos; estão no Instituto Médico Legal (IML) de Cascavel, onde serão realizados exames de necropsia. O casal foi encontrado morto na manhã de segunda-feira, 11, em Santa Tereza do Oeste, no Paraná, próxima a Cascavel. A Polícia Civil acredita que os dois morreram por asfixia, após colocarem fogo em uma lata com querosene em um ambiente fechado.

Os corpos estavam em adiantado estado de decomposição, o que levou a polícia, em entrevista à imprensa local, lançar a hipótese de que o casal morreu na noite de quinta-feira. A polícia, porém, foi acionada somente nesta segunda, quando amigos não os encontraram no trabalho. O caso está sendo investigado.

Mais conteúdo sobre:
casalasfixiaCascavelParaná

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.