Casal preso em SP em carro clonado é suspeito de assaltos

Um casal foi detido numa blitz da Polícia Militar, quarta-feira à noite, na Vila Carmosina, zona leste da capital paulista, dentro de um carro blindado clonado. Na casa da mulher, próximo dali, durante a prisão de traficantes de drogas, os PMs encontraram um colete à prova e balas, aparelhos celulares e documentos de uma motocicleta apreendida em São Bernardo do Campo. Numa casa, na mesma rua, foram encontrados uma metralhadora italiana 9 mm, dois carregadores, mais parelhos celulares e espelhos para falsificação de documentos. Para a polícia, o casal e o morador na outra casa podem estar envolvidos em assaltos.A mulher, de 19 anos, não tem antecedentes na polícia, mas seu acompanhante Arnaldo Santos da Silva, de 28 anos, já esteve preso por roubo e receptação. Pelo chassis, os policiais apuraram que o carro em que estavam foi furtado no mês de julho, em São Bernardo. Mas, com novas placas e documentos falsos se tornou clone de um veículo pertencente a um policial da delegacia de Casa Verde, na zona norte.Segundo o casal, o veículo foi emprestado por um amigo deles, que mora na mesma rua da suspeita. Ele não estava na residência, mas ali foi encontrada a metralhadora e outros objetos. Por meio de documentos encontrados na casa, a polícia apurou que se trata de Cleiton Carnevale de Paula, um detento foragido da penitenciária de Hortolândia. A dupla foi presa e autuada em flagrante.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.