Casal que tentou matar filhos depõe nesta 4ªF

Alexandre Alvarenga e Sara Maria Rosolen Alvarenga depõem pela primeira vez nesta quarta-feira, no Fórum de Campinas, sobre a acusação de dupla tentativa de assassinato contra os filhos de um e seis anos. O casal se recusou a falar à Polícia Civil e alegou que só se manifestaria em juízo. Alvarenga e Sara devem ser interrogados pelo juiz Maurício Guimarães.Alvarenga é acusado de autor das tentativas de homicídio. Ele atirou o filho de um ano contra o pára-brisa de um carro em movimento e bateu a cabeça da filha contra uma árvore. Sara é acusada de participação nos crimes.Os advogados e as famílias de ambos defendem a tese de que eles estavam em surto psicótico quando praticaram as agressões. Um laudo feito pelo Hospital Celso Pierro, da PUC-Campinas, apontou consumo de cocaína pelo casal e de álcool por Alvarenga, sem precisar se eles estavam sobefeito da droga no momento do crime.Outro laudo indicou que eles não precisam detratamento psiquiátrico. Os advogados e a família contestam os documentos. O advogado de Alvarenga, Luiz Henrique Cirilo, chegou a pedir à Justiça que os laudos fossem ignorados, alegando contradições e equívocos de datas.O pedido foi negado. O advogado de Sara, Pedro Renato Marcelino, comentou que o depoimento deambos deve ajudar a consolidar a defesa. Tanto Marcelino quanto Cirilo afirmam que seus clientes não se recordam do que ocorreu no dia dos crimes.O promotor Marcos Tadeu Rioli explicou que osinterrogatórios ocorrem em separado e não descartou que o juiz possa fazer umaacareação entre os dois. Sara está presa na cadeia feminina de Valinhos, e Alvarenga, no Centro de Detenção Provisória Campinas-Hortolândia.Os filhos do casal estão sob a guarda provisória dos avós maternos. O menino se recupera de traumatismo craniano e faz sessões diárias de fisioterapia nos membros direitos, parcialmente paralisados. Os médicos ainda não diagnosticaram seqüelas permanentes.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.