Casal rouba 90 cm de cabelo de evangélica em Araraquara

Este é o segundo caso de roubo de cabelo na cidade do interior em 2007

Agencia Estado

02 Julho 2007 | 19h17

A comerciaria Simone Regina Penteado, de 19 anos, teve cerca de 90 centímetros do cabelo roubado por um casal de assaltantes ao sair de um culto evangélico em Araraquara, a 273 quilômetros de São Paulo, no final da noite de domingo, 1º. A moça foi rendida e teve uma faca encostada em sua barriga. O cabelo era castanho escuro nunca tinha sido tingido. Este é o segundo roubo de cabelo registrado em Araraquara em 2007. Abalada com a violência do assalto e por ter perdido o cabelo cuidado desde a infância, a jovem não quis dar entrevista. A irmã Viviane Penteado conta que a comerciaria só chora ao lembrar do roubo. Ela estava a dois quarteirões de casa quando um homem a parou e colocou uma faca na sua barriga. "Ele avisou que só queriam o cabelo", diz a irmã. Uma outra mulher puxou o cabelo da evangélica e, mandando ela ficar quieta, cortou com uma tesoura próximo a nuca. Segundo a irmã, a jovem pediu ao casal para não destruir o cabelo. Simone se orgulhava em ter o cumprimento abaixo da cintura e só ir ao cabeleireiro para cortar as pontas. O delegado Jesus Nazaré Romão, da Delegacia de Investigações Gerais (DIG), não tem pistas do casal. Ele chamará a jovem para formular um retrato falado dos ladrões. Em 4 de fevereiro, uma mulher de aproximadamente 45 anos teve 30 centímetros do cabelo roubado por dois assaltantes armados no centro da cidade.

Mais conteúdo sobre:
roubo de cabelo Araraquara

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.