Casas noturnas do Rio fazem lista de pitboys

Os donos de casas noturnas querem que a lista de pitboys que vêm provocando tumultos e agredindo pessoas na noite do Rio ? na qual já constam os nomes de 15 rapazes que seenvolveram em brigas recentes ? seja afixada em todos os estabelecimentos do estado. Eles propõem ainda que a polícia seja chamada quando um brigão chegar às boates. Caberá aos policiais revistá-los e decidir se a entrada será permitida ou não.As propostas foram discutidas hoje pelo presidente do Sindicato de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares do Rio,Alexandre Sampaio, o secretário estadual de Turismo, Sérgio Ricardo de Almeida, e o chefe de Polícia Civil, Álvaro Lins, e foram descritas num documento que será submetido ao secretário de Segurança Pública, Anthony Garotinho. O presidente do sindicato pediu à secretaria que formalize uma resolução que dê respaldo jurídico à formulação da lista, que está sendo elaborada pela secretaria. Ficou acertado que o sindicato ficará responsável pela distribuição da relação com os nomes. Os estabelecimentos serão informados dos telefones da Delegacia de Homicídios, concentradora dos casos. Como forma de prevenção a novos tumultos, os policiais irão até as casas noturnas quando os pit boys tentarem entrar e verificarão se estão armados.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.