Caseiro acusado de matar empresário depõe amanhã

Paulo Manoel Soares, o caseiro acusado de assassinar o advogado Cláudio Lins, vai depor amanhã. O delegado adjunto de Cabo Frio, Renato Nunes da Silva, vai ouvir o caseiro no hospital onde ele está internado, no centro do Rio de Janeiro. Paulo Manoel ainda não foi operado para retirar a bala alojada no maxilar. Segundo os médicos, a cirurgia só vai acontecer quando o rosto do caseiro desinchar.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.