Caseiro acusado de matar universitária é preso em Salvador

Depois de furar o cerco da polícia baiana duas vezes, o caseiro Bernardino do Espírito Santo Filho, de 30 anos, acusado de estuprar e matar a universitária Maria Cláudia de Siqueira Del´ Isola no último dia 11, em Brasília, foi preso nesta segunda-feira bebendo tranqüilamente cerveja numa barraca da Praia da Boca do Rio, em Salvador.O delegado Wilson Gomes, que efetuou a prisão, disse que Bernardino afirmou ter sido induzido pela namorada a estuprar e matar Maria Cláudia, sem explicar as razões.De acordo com Bernardino, Maria Claudia foi atraída até a cozinha onde Adriana a acertou na cabeça com um pedaço de pau. Desacordada, a universitária foi amarrada e amordaçada. Depois, segundo o acusado, Adriana mandou o namorado estuprar a estudante e em seguida asfixiá-la. O casal escondeu o corpo e pensou que não seria descoberto.Quando a polícia passou a investigar o caso, Bernardino resolveu fugir para a Bahia pagando R$ 1,7 mil a um motorista de táxi que o levou até a cidade de Feira de Santana a 108 quilômetros de Salvador. De Feira pegou uma van até a capital baiana e, diante do cerco policial, passou a mudar de endereço constantemente até a prisão na Praia da Boca do Rio. Ele deve ser transferido para Brasília amanhã.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.