Caso do resgate de helicóptero está levando ao de Celso Daniel

Tudo o que está sendo descoberto nas últimas horas pela Polícia paulista é o resultado de um trabalho de oito dias de investigações do ousado resgate de helicóptero que retirou dois presos do presídio de segurança de Guarulhos, há 15 dias. Mas, a surpresa para a polícia é que nas investigações estão sendo encontradas algumas pistas que podem levar a descoberta dos sequestradores responsáveis pela morte do prefeito de Santo André, Celso Daniel. Como por exemplo, o carro Santana azul, descoberto em um bairro do Embu, na Grande São Paulo, revelou uma fonte policial envolvida diretamente nas investigações. A mesma fonte prefere aguardar os laudos periciais do Instituto de Criminalística antes de dar como certo o uso do santana azul também pelos sequestradores. A casa onde ele foi encontrado, foi inteiramente periciada, nos mínimos detalhes nas últimas 24 horas. Agora, se espera o resultado dos exames, que poderá ser divulgado no decorrer desta semana.Mas, antes disto, novas prisões estão para ocorrer, mas não se pode dar mais informações, para evitar que os supostos acusados fujam. Já foi detido um menor e um adulto envolvidos no resgate dos presos do presídio de Guarulhos. A partir dai as investigações prosseguiram, ouvindo-se outras testemunhas até se chegar a casa onde estava o santana azul. A fonte explicou que isto serve para mostrar que a polícia pode desvendar um caso, sem o auxílio, sempre bem vindo do 0800, o disque denuncia, só usando sua força de investigação. Os policiais estão certos de que a elucidação destes crimes deverá resgatar o prestigio da corporação junto a população.Perguntado se já poderia dizer que a casa do Embu, onde estava o Santana azul, poderia ser considerada como o local do cativeiro do prefeito Celso Daniel, a fonte mostrou-se cautelosa e disse: "Isto quem vai dizer é o resultado da pericia. Nós também estamos ansiosos a espera do laudo. Mas, antes disto, continuamos com as investigações e novas prisões devem ser feitas nas próximas horas. Não vamos revelar nada, para não alertar as pessoas que estamos procurando", disse a fonte.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.