Cassada liminar impedindo indiciamento de diretoras do PAS

Foi cassada, hoje, pelo Tribunal de Justiça, liminar que desde de 12 de fevereiro impedia o indiciamento de duas ex-diretoras do PAS - Plano de Atendimento à Saúde, Maria Piotto Maldonado e Sandra Maria do Espirito Santo, em inquérito que apura crime de peculato. O inquérito instaurado no 52º Distrito Policial investiga irregularidades que teriam ocorrido no PAS-15 , entre junho de 96 a março de 97, quando Paulo Maluf era prefeito da capital. A liminar fora concedida pelo juiz do Departamento de Inquéritos Policiais, Marcos Alexandre Coelho Zilli. Ele recorreu da própria decisão ao TJ que revogou a liminar.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.