Catedral de Feira de Santana é arrombada e saqueada

Segundo informações da 1ª Delegacia, foram levados um cajado de prata e o dinheiro que a igreja arrecadava para a Festa de Santana

Tiago Décimo, O Estado de S. Paulo

29 Junho 2014 | 14h46

A Catedral de Feira de Santana, segunda cidade mais populosa da Bahia, a 110 quilômetros de Salvador, foi arrombada e saqueada, na madrugada deste domingo. Segundo informações da 1ª Delegacia, onde o caso é investigado, foram levados um cajado de prata e o dinheiro que a igreja arrecadava para a Festa de Santana, padroeira da cidade, que será realizada na segunda quinzena de julho. Os invasores também reviraram gavetas e armários em busca de mais objetos de valor antes de fugir. Ainda não há suspeitos para o crime.

Segundo o monsenhor José Nery de Almeida, pároco da catedral, o roubo foi identificado no início da manhã, quando um dos administradores do local chegou para preparar a igreja para a primeira missa do dia, às 7 horas. “Notamos que uma das janelas foi arrombada, provavelmente com barras de ferro”, contou. “Acreditamos que pelo menos dois homens tenham participado da invasão.”

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.