Catorze são presos suspeitos de tráfico e homicídios em PE

Entre os presos está um policial militar que trabalhava no Batalhão da área de atuação do grupo

Solange Spigliatti, do estadão.com.br,

27 de dezembro de 2011 | 12h36

SÃO PAULO - Catorze pessoas foram presas nesta terça-feira, 27, durante a Operação Pescador, da Polícia Civil, com o objetivo de prender suspeitos da prática dos crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico, roubos e homicídios com atuação em Recife. Foram apreendidas também armas e drogas.

A operação conta com a participação de 230 policiais civis e militares que cumprem 17 mandados de prisão preventiva e 17 mandados de busca e apreensão nas cidades do Recife, Camaragibe e Queimadas, na Paraíba.

Entre os presos está um policial militar que trabalhava no Batalhão da área de atuação do grupo. Ele fornecia aos comparsas informações privilegiadas das ações policiais realizadas na localidade.

Todos os presos foram trazidos para a sede do Grupo de Operações Especiais (GOE) da Polícia Civil, no bairro do Cordeiro. As investigações iniciaram em junho de 2011, através do Departamento de Repressão ao Narcotráfico (DENARC), assessorado pelo Centro integrado de inteligência de Defesa Social (CIIDS).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.