Causa de pane no Cindacta-1 é investigada pela Embratel

Controladores responsabilizaram empresa pela pane do sistema de controle

Agencia Estado

22 de junho de 2007 | 16h42

O presidente da Embratel, Carlos Henrique Moreira, disse nesta quinta-feira, 21, que a pena no sistema de controle de vôos de Brasília, Cindacta-1, ainda está sendo apurada por técnicos da companhia.A Embratel foi mencionada pelos controladores como sendo responsável pela pane do sistema. "Eu particularmente não sei o que ocorreu", disse à Agência Estado. Ele participou em São Paulo de seminário sobre as relações Brasil/México no Instituto Fernando Henrique Cardoso.DemissãoNa quarta-feira, os controladores de vôo de Brasília fizeram operação padrão. Das 17h10 às 19h30, houve paralisação parcial do sistema aéreo do País, que já registrava atrasos em uma de cada quatro partidas, pelo efeito cascata da pane de terça-feira.Em meio à crise, a Aeronáutica determinou a prisão administrativa do sargento Carlos Trifilio, presidente da Federação Brasileira das Associações de Controladores de Tráfego Aéreo (Febracta), e agravou o clima de tensão entre controladores e o alto comando da Força Aérea Brasileira.A reação à prisão, segundo a categoria, deve ser uma nova paralisação geral, como a de 30 de março. A FAB informou que os problemas no Cindacta-1 deviam-se "à recusa de controladores de trabalhar nos equipamento e de falha no link de comunicação provido pela Embratel".Oito dos nove consoles do Cindacta-1 precisaram passar por reparos na tarde de quarta. "Os controladores adotam uma operação padrão, diminuindo pela metade os vôos controlados", disse o deputado Gustavo Fruet (PSDB-PR), da CPI do Apagão Aéreo da Câmara.Mais cedo, na CPI do Apagão Aéreo do Senado, o diretor do Departamento de Controle do Espaço Aéreo (Decea), brigadeiro Ramon Borges Cardoso, afirmou que a Aeronáutica trocou os monitores. O desgaste dos equipamentos é o principal motivo apontado pelos sargentos para reduzir o tráfego aéreo, dificultando as operações. Na quarta, apenas um dos consoles foi trocado no Cindacta-1.

Tudo o que sabemos sobre:
embratelapagãocindacta

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.