Cedae pede que moradores do Rio e Baixada estoquem água

Na quinta-feira, 6, haverá suspensão do fornecimento por 24 horas para vistoria da estação de Guandu

da Redação, estadao.com.br

03 de novembro de 2008 | 17h46

A Cedae pede que os consumidores do Rio e da Baixada Fluminense comecem a estocar água a partir desta segunda-feira, 3, pois na quinta-feira, 6, haverá uma manutenção preventiva na estação de tratamento do Guandu. De acordo com a empresa, o objetivo da vistoria é garantir o bom funcionamento durante o verão, quando a demanda por água aumenta. Cerca de 300 funcionários participarão das vistorias nos reservatórios, canais de água filtrada da estação de tratamento, nas adutoras e elevatórias do sistema. Os trabalhos deverão durar 24 horas e serão iniciados às 8 horas de quinta. Segundo a Cedae, o reabastecimento deverá ser normalizado logo após o fim dos serviços, mas alguns locais mais distantes e altos poderão ter o serviço restabelecido 48 horas depois das vistorias.  A estação de tratamento de Guandu é a responsável pelo abastecimento de 85% do Rio e de 70% dos municípios da Baixada Fluminense. Por segundo, são tratados 43 mil litros de água, que abastece cerca de nove milhões de habitantes.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.