Celular pega fogo e queima perna de estudante

A estudante Carina Zanqueta, de 14 anos, sofreu queimaduras na coxa direita depois que seu celular pegou fogo enquanto estava no bolso da calça, na madrugada de sábado, em Araras, no interior paulista. A jovem estava em um clube quando sentiu que o aparelho começou a superaquecer. O caso foi registrado na delegacia da cidade como lesão corporal.O delegado Marcelo Roston disse ser a primeira vez que um caso desse tipo é registrado na cidade. ? A mãe da vítima, Elaine Cristina Batista, disse que levou a filha para o pronto-socorro com queimaduras na perna. Ela foi atendida e passa bem agora? , disse.Segundo Roston, o caso foi encaminhado para investigação. O celular, da marca Motorola, e a calça jeans que Carina usava serão examinados pelo Instituto de Criminalística. A estudante e testemunhas serão ouvidas esta semana.A Motorola, que entrou em contato com a estudante, informou, por meio de nota, que incidentes como esse são muito raros e que engenheiros da empresa trabalharão para investigar as possíveis causas - um laudo pretende averiguar se componentes eram originais e a forma de utilização do aparelho.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.