Celular toca e policiais localizam bandido em SP

Policiais militares da 2ª Companhia do 31º Batalhão, graças à chamada de um celular conseguiram localizar assaltante que se escondia em um matagal após assalto a um sítio, no bairro do Tanque Grande, em Guarulhos, na Grande São Paulo. Os seis bandidos dividiram-se em dois carros, um Gol roubado, e um Lada branco, apenas um deles não conseguiu escapar, mas acabou morto. Jandersson Alves da Silva, de 34 anos, e cinco comparsas invadiram um sítio na Estrada do Saboó, nº 1400. Testemunhas acionaram a PM que, ao chegar ao local, foi recebida a tiros e teve início a perseguição. Os bandidos que estavam no Gol conseguiram fugir, mas a caça ao trio que estava no Lada prosseguiu, até a Estrada do Pixinguinha, no Parque Santos Dumont, onde os bandidos abandonaram o carro e entraram no matagal. O celular de um deles tocou, o que permitiu à PM localizar pelo menos um dos bandidos. Jandersson atirou contra os policiais, mas foi baleado no revide, morrendo quando após dar entrada no Pronto-Atendimento do Hospital São João. Policiais apreenderam no matagal uma pistola 380 Taurus, e uma espingarda, além de 114 munições, para revólveres calibres 32 e 38, e espingardas calibres 20 e 28. O caso foi registrado no 7º Distrito Policial de Guarulhos como roubo e resistência seguida de morte.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.