Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Centenas participaram de enterro de 3º PM morto no Rio

Policial era um dos seis que estavam em helicóptero abatido pelo tráfico; familiares evitam críticas à corporação

Pedro Dantas, O Estado de S. Paulo

20 de outubro de 2009 | 15h49

 

RIO - Cerca de 800 pessoas participaram na tarde desta terça-feira, 20, do sepultamento do cabo Izo Gomes Patrício, 36 anos, terceiro tripulante do helicóptero da Polícia Militar do Rio que morreu após o equipamento ser abatido por traficante do Morro dos Macacos, em Vila Isabel, na manhã de sábado.

 

Veja também:

linkCorpo é achado dentro de carrinho de supermercado

linkGilmar Mendes cobra eficácia no combate ao crime organizado

linkTarso nega falta de ações da PF no combate às drogas

linkRio investiu só 24% da verba prevista para segurança

linkOAB diz que confrontos foram 'ataques terroristas'

 

Familiares evitaram fazer críticas à corporação e disseram que o policial morreu como herói. No mesmo momento em que o cabo era sepultado, um corpo foi deixado em um dos acessos ao Morro dos Macacos dentro de um carrinho de mão. De acordo com a PM, o número de mortos desde o início da crise chega a 25 - entre policiais, bandidos e vítimas inocentes.

Tudo o que sabemos sobre:
Rioviolência

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.