Central telefônica clandestina é estourada em SP

Policiais militares da 3ª Companhia do 05º Batalhão localizaram através de uma denúncia anônima, às 21h deste sábado, uma central telefônica clandestina, que funcionava no interior de uma casa, na Rua Criciúma, nº 800, no Jardim Brasil, zona norte da capita paulista. No local, os policiais detiveram duas mulheres, uma delas namorada de um bandido conhecido como ?Baiano?, que está detido na ala 3 do Cadeião de Pinheiros, na zona oeste da cidade. Com as mulheres, foram apreendidos dois aparelhos fixos que realizam transferência de ligações, um tijolo de maconha pesando aproximadamente 1 kg, 2 celulares e uma agenda com telefones de vários bandidos espalhados pela grande São Paulo. No momento em que a polícia realizava o flagrante, ?Baiano? teria ligado para a namorada, que conversou com ele sem deixar que o rapaz percebesse que a polícia estava por perto.As duas jovens, cujos nomes ainda não foram divulgados, passarão toda a noite no 39º Distrito Policial, de Vila Gustavo, e depois serão transferidas para um presídio feminino. A ligação dessa central telefônica com o Primeiro Comando da Capital (PCC), facção que controla o crime organizado de dentro dos presídios e fora deles, ainda não está confirmada.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.