Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Central telefônica descoberta na zona Oeste de SP

O Disque-denúncia ajudou a polícia a estourar uma central telefônica clandestina, na noite de ontem, na zona Oeste da capital paulista. Por meio da central eram feitas ligações para presídios da capital e da Grande São Paulo. No local foi encontrada uma lista de 30 páginas com nomes e telefones de presidiários. A central operava em uma residência, na Rua Manoel Pinheiro, na Vila Mangalot. Dois aparelhos transferiam ligações, por meio de quatro linhas, cujos números não eram identificados, para despistar a polícia.A quantidade de nomes e telefones de presidiários encontrada na casa é enorme. A Polícia Civil chegou à casa suspeita depois de uma denúncia anônima. Uma mulher, de 40 anos, e a filha dela, de 17, estavam na residência e foram detidas em flagrante.

Agencia Estado,

04 de novembro de 2002 | 08h41

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.