Centro de Tradições Nordestinas é flagrado roubando água

Com fornecimento de água cortado há seis meses por falta de pagamento, o Centro Luiz Gonzaga de Tradições Nordestinas, que fica no Pavilhão de São Cristóvão, no Rio, estava sendo abastecido irregularmente por duas ligações clandestinas. Técnicos da Companhia Estadual de Águas e Esgotos (Cedae) flagraram o delito no final da tarde de quinta-feira.A Cedae começou a suspeitar de furto de água devido à recusa do Centro de Tradições Nordestinas em renegociar os seus débitos, dizendo que estava sendo abastecido por carros-pipa. O centro, que não paga contas de água há quase um ano, acumula dívida de cerca de R$ 433 mil. Representantes do Centro de Tradições Nordestinas foram autuados em flagrante por policiais da Delegacia de Defesa dos Serviços Delegados (DDSD) e enquadrados por furto.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.