Centro-Oeste, Sul e Sudeste são aposta do comando tucano

Os tucanos pretendem reforçar a campanha onde o presidenciável do PSDB, José Serra, apresenta boa reação nas pesquisas de intenção de voto. A lógica é apostar nas regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste, nas quais a campanha tucana teve o melhor desempenho no primeiro turno da eleição presidencial.

Eduardo Kattah BELO HORIZONTE, Malu Delgado ENVIADA ESPECIAL, O Estado de S.Paulo

15 de outubro de 2010 | 00h00

Em relação ao Nordeste, o comando tucano acha que José Serra não conseguirá mudar o jogo. Avaliam que o teto do PSDB é no máximo de 35% dos votos.

Estados estratégicos do ponto de vista eleitoral, como Rio de Janeiro e Bahia, também receberão atenção especial. Na avaliação do comando do PSDB, nesses dois locais também haverá dificuldade para que o jogo seja revertido.

A campanha no rádio e na TV continuará focando numa mensagem nacional, apesar de terem sido colocadas no ar propostas específicas para alguns Estados nos últimos dias.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.