Cerca de 1,1 milhão de carros devem deixar São Paulo no feriado

Cerca de 1,1 milhão de veículos devem deixar a cidade de São Paulo durante o feriado da Páscoa, segundo dados da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET). Na quinta-feira, o rodízio municipal de veículos vai ocorrer normalmente. Na sexta, não haverá rodízio, segundo a CET. De acordo com a Ecovias, concessionária responsável pelo sistema Anchieta-Imigrantes, de 240 a 330 mil veículos devem dirigir-se ao litoral a partir das 8 horas desta quarta-feira, quando começa a Operação Descida. A Operação Subida vai de zero hora até a meia-noite de domingo. A Ecovias avisa que, durante a Operação Subida, haverá um desvio no trevo do km 55 de Cubatão. A idéia é direcionar os veículos de passeio vindos do Guarujá e litoral norte para a Via Anchieta, distribuindo melhor o fluxo.Caminhões estarão proibidos de trafegar no trecho de serra da Imigrantes das 14 horas de sábado ao meio-dia de segunda-feira. Segundo a concessionária, os horários de maior movimento para viajar serão na quinta-feira (das 18 horas à meia-noite) e na sexta (das 6 horas ao meio-dia). Para o retorno à capital, recomenda-se voltar até as 11 horas do domingo ou depois da 1 hora de segunda-feira. A Viaoeste, empresa que opera as Rodovias Castelo Branco e Raposo Tavares, pede que os usuários evitem viajar para o interior na quinta-feira, das 15 horas à meia-noite, e na sexta, das 5 às 13 horas. A volta para a capital deverá ser evitada entre 14 e 23 horas. Segundo a AutoBAn, concessionária que atende as Rodovias Anhangüera e Bandeirantes, os motoristas devem evitar o sistema entre 15 e 22 horas do domingo. Nesse horário, ocorre a "operação caminhão", que desvia os veículos pesados para a via Anhangüera, no trecho entre Jundiaí e a capital. A empresa avisa ainda que a pista capital-interior está parcialmente interditada na altura do km 96,5.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.