Cerca de 38 mil raios caíram em 13 estados brasileiros nesta terça

Os 60 milhões de raios que atingem o Brasil todos os anos fazem, em média, 132 acidentes fatais, além de R$ 1 bilhão em prejuízo

Solange Spigliatti, Central de Notícias

02 de fevereiro de 2011 | 15h46

SÃO PAULO - Os temporais que atingiram boa parte do país nesta terça-feira, 1, vieram acompanhados de raios e trovoadas, muito comuns nesta época do ano. Foram contabilizados 38 mil raios, em 13 estados onde existem áreas de cobertura de sensores do Grupo de Eletricidade Atmosférica (Elat) do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe).

 

Segundo dados do Elat, caem no Brasil, por ano, cerca de 60 milhões de raios. Desse total, algo em torno de 80% caem na primavera e verão (entre outubro e março). Neste mês de janeiro, 462.530 raios caíram no Estado de São Paulo, entre eles, 11.862 raios foram na capital paulista.

 

São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Mato Grosso do Sul, Goiás (e Distrito Federal), Paraná e Santa Catarina são monitorados integralmente. Mato Grosso, Rio Grande do Sul, Tocantins, Roraima e Bahia, parcialmente.

 

Por conta dos raios, são registradas anualmente uma média de 132 mortes em todo o país, além de um prejuízo de aproximadamente R$ 1 bilhão com danos causados por raios, sendo R$ 600 milhões somente para o setor elétrico. No Estado de São Paulo, recordista de mortes, 25 pessoas morreram por conta das descargas elétricas no ano de 2009.

 

De acordo com o Elat, o Brasil é considerado campeão mundial de raios, em consequência, entre outros motivos, por estar em uma região tropical do planeta, onde estão localizadas muitas ilhas de calor, o que favorece a ocorrência das descargas elétricas.

Tudo o que sabemos sobre:
raioschuvastemporaisBrasilElatInpe

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.