Cesar Maia quer atiradores de elite nas avenidas do Rio

O prefeito do Rio, Cesar Maia, defende que o governo estadual espalhe atiradores de elite nas vias expressas e avenidas vulneráveis à ação do crime, com a missão de abrir fogo contra os comboios de bandidos, conhecidos como bondes. "Quando levarem uma bala com alto poder explosivo, os bondes não vão andar com a tranqüilidade que andavam anteriormente", disse.Sem querer citar o local onde a medida foi tomada, o prefeito disse que já foram usados atiradores quando um batalhão da Polícia Militar foi ameaçado por bandidos de uma comunidade próxima. "Os atiradores foram posicionados e a afronta acabou", afirmou. Maia disse que o fato de os bondes se movimentarem livremente aumenta a sensação de insegurança. "Existe quase um passe livre para os bondes, e essa movimentação tem que ser respondida à bala, para que os bandidos saibam que quem corre risco são eles", afirmou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.