CET faz interdição parcial da Faria Lima

A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) vai interditar parcialmente, a partir de amanhã às 7 horas, um trecho da Avenida Brigadeiro Faria Lima, na região de Pinheiros, zona oeste da capital. O bloqueio vai permanecer durante 45 dias para a realização de obras de adequação de pavimento e reconfiguração do Largo da Batata. As obras serão feitas pela Empresa Municipal de Urbanização (Emurb).O bloqueio ocorrerá no sentida Lapa-Itaim, entre as Ruas Cristóvão Gonçalves e Martim Carrasco - 200 metros. Serão interditadas duas faixas da via, mas os motoristas não vão perder espaço. Embora a Faria Lima tenha somente duas faixas nesse trecho, o espaço será compensado com a utilização da área onde antes havia o canteiro central. As três faixas do sentido inverso estão mantidas.Como na região já há uma obra em andamento, o fluxo de veículos naquele trecho foi reduzido para 800 veículos por hora no sentido Itaim. Mesmo assim, a CET indica duas rotas alternativas, caso haja congestionamento no local. Quem for seguir no sentido Itaim poderá fazer um desvio seguindo pela Avenida Pedroso de Morais, entrar à direita na Rua Cardeal Arcoverde e depois retornar à Faria Lima. No sentido inverso, os motoristas podem entrar à direita na Rua dos Pinheiros, à esquerda na Rua Cunha Gago, retornando à Avenida Brigadeiro Faria Lima.Trata-se da terceira via importante da cidade que precisou ser interditada para intervenções neste ano. No dia 14 deste mês, a CET anunciou o bloqueio por nove meses da Avenida Paulista, no acesso para a Rua da Consolação, para as obras da futura Estação Paulista do Metrô. Antes, em fevereiro, a Avenida Francisco Morato, na zona sul, já havia sido bloqueada para a complementação da estrutura da Estação Morumbi. A previsão é que seja liberada no final de abril.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.