CET inicia às 14 horas a Operação Estrada para saída de SP

A CET dará início à Operação Estrada às 14 horas desta sexta-feira, 27, quando deve começar a saída do paulistano para o feriado prolongado do Dia do Trabalho. A operação, que vai até às 22 horas desta sexta e será retoma das 8 horas às 13 horas de sábado, será feita para monitorar o fluxo de veículos que seguirão em direção às estradas. O acompanhamento pela CET do retorno à cidade será realizado na terça-feira, no período da tarde, e na quarta, no período da manhã. Para a volta, a CET recomenda que os motoristas evitem as estradas no período das 14 horas às 22 horas, de terça, e das 8 horas às 13 horas de quarta. Aproximadamente 2,1 milhões de veículos devem passar pelas rodovias paulistas durante o feriado prolongado do 1º de maio, a partir desta sexta-feira, 27. Somente da capital paulista, a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) estima que 1,3 milhão de veículos deixarão a cidade rumo às estradas. Anchieta-Imigrantes Nas rodovias do Sistema Anchieta-Imigrantes, segundo a concessionária Ecovias, estima-se que até 330 mil veículos devem descer a serra com direção às praias da Baixada Santista. Nestas estradas, o fluxo maior de veículos é esperado a partir das 8 horas de sábado, quando terá início a Operação Descida, com sete faixas com destino à Baixada e três para a capital. Esta operação está programada para até às 20 horas do sábado. Para o retorno à capital, a Ecovias implantará a Operação Subida, com oito faixas para a subida e duas para descida, três vezes: entre 17 e 22 horas do domingo; das 17 horas às 22 horas de segunda-feira e das 11 à meia-noite de terça-feira. Castelo-Raposo As estradas com destino ao interior do Estado devem registrar movimento intenso. É o caso do Sistema Castelo Branco-Raposo Tavares, que, de acordo com a concessionária ViaOeste, devem contabilizar cerca de 400 mil veículos pelos dois sentidos das rodovias. A ViaOeste estima que o horário de pico no sistema deverá ser na sexta-feira, no sentido interior, a partir das 14 horas até às 23 horas. O movimento também deve aumentar no sábado a partir das 6 horas até às 15 horas. O retorno à capital deve ter fluxo maior de veículos a partir das 14 horas de terça-feira, se estendendo até às 23 horas. De acordo com a ViaOeste, os caminhões estarão proibidos de circular na Castelo Branco, no sentido capital, das 14 horas às 23 horas de terça-feira. Anhangüera-Bandeirantes O Sistema Anhangüera-Bandeirantes também estima tráfego intenso no feriado prolongado. Segundo a AutoBAn, cerca de 580 mil veículos devem passar pelas duas rodovias, entrando ou chegando a São Paulo. O horário de pico no sentido interior deve ser entre os períodos das 15 horas e 22 horas de sexta-feira e das 7 horas às 14 horas do sábado. No retorno à capital, os motoristas devem evitar o horário das 15 horas às 22 horas de terça-feira, período de maior fluxo estimado pela AutoBAn. No domingo, 29, e na terça-feira, 1º, das 14 horas às 22 horas, os caminhões com destino à capital pela Rodovia dos Bandeirantes deverão utilizar a Rodovia Anhangüera no trecho do km 47 ao km 23, entre Jundiaí e São Paulo. O acesso é na Saída 48 da Rodovia dos Bandeirantes. Dutra Segundo a concessionária NovaDutra, devem sair de São Paulo 186 mil veículos pela Via Dutra e outros 91 mil do Rio de Janeiro. Os motoristas, tanto de São Paulo quanto do Rio, devem evitar utilizar a Rodovia Presidente Dutra no período das 16 horas às 20 horas de sexta-feira e das 7 horas às 10 horas de sábado. Para o retorno, a NovaDutra recomenda que o motorista se programe para não utilizar a rodovia entre as 16 e 20 horas de terça-feira, quando deve ser registrado um maior fluxo de veículos. Litoral Norte O Departamento de Estradas de Rodagem (DER) e a Dersa Desenvolvimento Rodoviário darão início, na sexta-feira, 27, às operações especiais em sete rodovias paulistas - Ayrton Senna/Carvalho Pinto; D. Pedro I; Tamoios; Mogi-Bertioga; Oswaldo Cruz; Rodovia Litorânea; e Floriano Rodrigues Pinheiro. Dentre as rodovias, a DER e a Dersa calculam que a Rodovia Litorânea, que dá acesso às praias do litoral norte, registre o principal movimento: 241.950 veículos. A rodovia Ayrton Senna/Carvalho Pinto deve registrar movimento de 130 mil veículos. As demais estradas não devem ter mais de 70 mil veículos. A DER e a Dersa estimam que o horário de pico para saída da capital seja na sexta a partir das 16 horas de sexta até às 2 horas do sábado e entre às 7 e 18 horas de sábado. O retorno à São Paulo deve ter fluxo intenso de veículos entre às 12 horas e às 23 horas de terça-feira. Números: Confira a quantidade de veículos que devem circular pelas rodovias paulistas a partir de sexta-feira, 27: » Sistema Anchieta-Imigrantes: 330 mil veículos devem passar pelas rodovias. A Ecovias recomenda que os motoristas evitem viajar no sábado, a partir das 8 horas. Ecovias - 0800-197878 » Sistema Castello-Raposo: 400 mil (nos dois sentidos). Motoristas devem evitar passar pelas estradas entre às 14 horas e 23 horas de sexta e das 6 horas às 15 horas de sábado. ViaOeste - 0800-7015555 » Sistema Anhangüera-Bandeirantes: 580 mil (nos dois sentidos). A AutoBAN recomenda que os motoristas evitem as rodovias entre às 15 e 22 horas de sexta-feira e, no sábado, das 7 às 14 horas. AutoBAN - 0800-0555550 » Via Dutra: 186 mil, de SP, e 91 mil, do Rio. A concessionária aconselha os motoristas a viajar fora dos seguinte horário: sexta-feira, entre 16 e 20 horas. NovaDutra - 0800-0173536 » Ayrton Senna/Carvalho Pinto: 130 mil. Os motoristas devem evitar as estradas entre às 16 horas de sexta e 2 horas de sábado e entre 7 e 18 horas de sábado. Dersa - 0800-555510 » Rodovia Litorânea: 241.950 » D. Pedro I: 50 mil » Tamoios: 68.830 » Mogi-Bertioga: 53.630 » Floriano Rodrigues Pinheiro: 36.710 » Oswaldo Cruz: 27.790

Agencia Estado,

27 Abril 2007 | 13h04

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.