CET reverte decisão e pode deter ato no centro

A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) conseguiu reverter parcialmente a liminar que permitia um ato da Associação dos Servidores do Tribunal de Justiça (Assetj) hoje na Praça João Mendes, no centro. A CET pode impedir a Assetj de ocupar vias públicas na manifestação, de parar no local caminhões e carros de som e também aplicar multas aos infratores.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.