Cetesb multa Shell em R$ 105 mil por contaminar água

A Shell do Brasil foi multada em R$ 105,2 mil por contaminar a água de dois poços artesianos e um poço raso na Vila Carioca, em São Paulo. Análises realizadas pela Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental (Cetesb) detectaram a presença de um organoclorado denominado dieldrin, utilizado na fabricação de pesticidas, em índices acima dos limites. Além da multa, a Cetesb ordenou que a Shell apresente uma proposta de tratamento das águas subterrâneas. Cópias das análises foram enviadas para o Ministério Público Estadual, que está acompanhando o caso.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.