Cezar Peluso admite reduzir folgas de juízes

JUDICIÁRIO

, O Estado de S.Paulo

13 de maio de 2010 | 00h00

O presidente do Supremo Tribunal Federal Cezar Peluso (foto)defendeu ontem em audiência pública na Comissão de Constituição e Justiça do Senado que os juízes tenham 60 dias de folga por ano - 30 dias de férias e outros 30 de recesso no fim do ano. Apesar de reconhecer a rotina pesada de trabalho dos magistrados, Peluso admitiu tratamento igual ao dado a outros trabalhadores. Hoje, os juízes têm 75 dias de folgas anualmente.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.