Chacina deixa quatro mortos em SP

Quatro homens foram assassinados ontem à noite na zona sul de São Paulo, na 13.ª chacina ocorrida este ano na região metropolitana. Com o caso, o número de vítimas desse tipo de crime chega a 52 desde janeiro. Reginaldo Gomes dos Santos, de 36 anos, Hermano José da Silva, de 55, Marcos Oliveira Soares, de 28, e uma quarta vítima estavam a caminho de uma festa de casamento quando foram surprendidos por um grupo de oito pessoas fortemente armadas. O crime ocorreu por volta das 22h30, na Rua Tijuape, no Jardim Caiçara. Atingidos por vários tiros, eles morreram ao chegar ao Pronto-Socorro de Campo Limpo, também na zona sul. O quarto homem morto estava sem documentos e não havia sido identificado até o fim da tarde de hoje. Policiais militares que estavam nas proximidades detiveram três dos assassinos e apreenderam parte do armamento utilizado. Os bandidos foram autuados em flagrante no 47.º Distrito Policial por homicídio e formação de quadrilha.Bando - Abimael de Oliveira Júnior, de 25 anos, Josemar Ribeiro dos Santos e Rodrigo Odilon Rosa, ambos de 19, que foram presos, pertenceriam, segundo a polícia, ao bando de Fernandinho que comandaria o tráfico de entorpecentes na favela do Jardim Caiçara. Foram apreendidos com os criminosos uma carabina de calibre 12 mm, duas pistolas de calibre 9 mm, um celular, um revólver calibre 38, uma submetralhadora e um carregador AK-47, com 16 projéteis.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.