Chacina deixa três mortos em favela de Santo André

Vítimas chegaram a ser socorridos no local e levados a hospital, mas não resistiram aos ferimentos

estadao.com.br,

13 de setembro de 2009 | 15h29

Três jovens foram mortos a tiros na noite de sábado, 12, em uma chacina na Rua Julio Ribeiro, na Favela Sacadura Cabral, no município de Santo André, no ABC paulista.

 

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública do Estado, o estudante Wellington Felipe da Silva, de 16 anos, o desempregado Leonardo Carlos Dias Salviano, de 20, e o vendedor Renato Vieira Cardoso, de 23 anos, chegaram a ser socorridos e encaminhados ao pronto-socorro Rudge Ramos, em São Bernardo do Campo, mas não resistiram aos ferimentos.

 

A Polícia Civil fez diligências ao local da chacina mas não encontrou testemunhas presenciais. Segundo uma testemunha não presencial, eles teriam sido socorridos por um Golf branco, por um homem apelidado por Dú que mora perto do local.

 

Foram solicitados exames necroscópicos para as vítimas. Não foi solicitada pericia porque o local já estava prejudicado em razão do socorro às vitimas e por não haver identificação precisa de onde aconteceu o crime.

 

O caso será investigado pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) e foi registrado no 4º Distrito Policial de Santo André, como homicídio simples.

Tudo o que sabemos sobre:
chacinaSanto André

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.