Chacina em MG deixa seis mortos, entre eles dois filhos de PM

Homens encapuzados atiraram contra clientes de bar de Betim; jovem de 17 anos é internada em estado grave

Solange Spigliatti, do estadao.com.br,

15 Setembro 2007 | 14h18

Seis pessoas foram assassinadas em um bar de Betim, em Minas Gerais, na noite de sexta-feira, 14. De acordo com a polícia, três homens encapuzados entraram no estabelecimento e começaram a atirar contra os clientes, enquanto outros dois esperavam do lado de fora. Dois irmão, Harrison Tolentino dos Santos, de 22 anos, e T.T.S., de 17 anos, estão entre as vítimas. Eles são filhos de um policial militar.   Outras quatro pessoas morreram. José Luís Gomes, de 56 anos, Alex Gomes, de 22 anos, Paulo Roberto Gonçalves da Costa, de 47 anos, e Luís Nascimento da Paixão, de 35 anos. Um adolescente de 17 anos levou sete tiros e está internado no Hospital Regional de Betim, em estado grave. Apesar de nenhum dos mortos ter antecedentes criminais, a polícia suspeita que um deles estava envolvido com tráfico de drogas.

Mais conteúdo sobre:
chacina

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.