Chefe da fiscalização da Prefeitura de Jandira (SP) é assassinado

Foi assassinado, por volta das 21h45 de quinta-feira, no município de Jandira, na Grande São Paulo, o chefe de fiscalização da Prefeitura local. Nivaldo Lima da Silva, de 41 anos, que atuava especificamente em meio aos ambulantes, foi atingido na cabeça com um tiro de espingarda calibre 12 disparado por uma pessoa que estava na garupa de uma moto. Mesmo levado ao pronto-socorro do Parque dos Camargos, em Barueri, cidade vizinha, Nivaldo não resistiu. O crime ocorreu na altura do nº 100 da Rua Silverstone, no bairro de Nossa Senhora de Fátima. Segundo a polícia, Nivaldo, acompanhado a mulher e da sogra, havia acabado de deixar um templo da Assembléia de Deus localizado na mesma rua, e foi surpreendido quando dirigia-se até seu carro. Os criminosos conseguiram fugir. O caso foi registrado no Distrito Policial Central de Barueri. Segundo relato de testemunhas, os ocupantes da moto nada disseram antes de atirar, o que leva a polícia a acreditar em homicídio premeditado e possivelmente relacionado ao cargo e funções que Nivaldo tinha na Prefeitura de Jandira.

Agencia Estado,

03 Fevereiro 2006 | 02h18

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.