Chefe da PM invade chácara atrás de filha

O comandante-geral da Polícia Militar de Sergipe, coronel Péricles Menezes, foi demitido ontem pelo governador Marcelo Deda (PT). O militar foi acusado de invadir uma chácara, com outros militares, na região metropolitana de Aracaju, à procura de sua filha, de 16 anos. A menina havia sido proibida de ir a uma festa pelo coronel, chateada saiu de casa na sexta-feira e no sábado foi para a festa. Em julho, a PM fez uma grande operação para procurar um cão bassê, o Pitoco,do filho do governador, que havia fugido da residencial oficial do governo sergipano.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.