Chileno que seqüestrou Washington Olivetto é transferido

O chileno Maurício Hernandez Norambuena, que cumpre pena há cinco anos por chefiar o grupo que seqüestrou o publicitário Washington Olivetto, em dezembro de 2001, foi transferido na tarde desta quinta-feira, 23, para a Penitenciária Doutor Paulo Luciano de Campos, de Avaré, interior de São Paulo, onde deve permanecer em Regime Disciplinar Diferenciado (RDD). De acordo com a Secretaria da Administração Penitenciária, o chileno cumpria pena no Centro de Readaptação Penitenciária José Ismael Pedrosa, de Presidente Bernardes, onde também se encontrava em RDD. A SAP esclareceu que a transferência de Norambuena se deu por conta do término do prazo fixado pela Corregedoria dos Presídios para sua permanência no presídio.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.