Chineses seqüestrados no Rio são localizados após quase 48 h

No sábado, três chineses e um vietnamita foram levados durante falsa blitz na estrada que dá acesso ao Cristo

Pedro Dantas, de O Estado de S. Paulo,

18 Agosto 2008 | 09h02

Os chineses Jin Bao Hong, de 39 anos, e You Den Gang, de 46, foram encontrados pela polícia no município de Itaguaí, na Baixada Fluminense, e foram levados para prestar depoimento na Delegacia Especializada de Atendimento ao Turista (Deat), segundo informações da Secretaria de Segurança Pública divulgadas na manhã desta segunda-feira, 18. Os dois foram seqüestrados na manhã de sábado, junto com outro chinês e um diplomata vietnamita na Estrada das Paineiras, na zona sul do Rio, que já haviam sido localizados.   Veja também:  Diplomata é feito refém por 28 horas   Os quatro foram levados por bandidos e mantidos reféns por 28 horas na Favela Vila Cruzeiro, zona norte do Rio. O diplomata Vu Thanh Nam chegou na tarde de domingo de táxi, calçando chinelos e com a roupa suja de barro, ao hotel onde estava hospedado com parentes, em Copacabana, na zona sul, e disse que havia fugido junto com os chineses.   Eles foram levados durante uma falsa blitz na Estrada da Paineiras, que dá acesso ao Cristo Redentor. "Não foi um roubo a turista. Trata-se de fato mais grave", disse o subsecretário de Inteligência da Secretaria de Segurança, Rivaldo Barbosa. Segundo ele, a eventual relação do crime com a máfia chinesa é "uma hipótese". A possibilidade de o mandante ter sido o traficante Luiz Fernando da Costa, o Fernandinho Beira-Mar, preso em Campo Grande, também é investigada.

Mais conteúdo sobre:
seqüestro chineses seqüestrados

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.