Clayton de Souza/AE
Clayton de Souza/AE

Churrascão diverte 1.650 operários do Itaquerão neste 1º de Maio

Corinthians e Odebrecht parabenizam os funcionários que colocam o estádio em pé para a Copa do Mundo de 2014

estadão.com.br,

01 Maio 2012 | 16h06

Os 1.650 operários que colocam o estádio do Corinthians em pé, em Itaquera, tiveram um 1º de Maio regado a refrigerante, cerveja e carne. O mega churrasco reuniu todos os empregados da construtora nesta manhã, com cerimônias oficiais e muita diversão. Cada trabalhador ainda poderia levar um familiar, o que fez dobrar o número de participantes, para mais de 3 mil pessoas.

Até o prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, participou do evento. E não fez cerimônia para comer seu espeto.O Itaquerão é um dos poucos estádios em construção para a Copa do Mundo de 2014 que ainda não teve greve. Desde o dia em que começou a limpar o terreno, na zona leste de São Paulo, até esse 1º de maio, não teve um dia sequer em que a obra não foi tocada. A diretoria do Corinthians diz que o estádio tem 35% de sua obra já concluída. O Itaquerão, cujo nome está sendo vendido para empresas que queiram colocar sua marca no local, vai abrigar o jogo de abertura da Copa, com a seleção brasileira.

O churrascão desta terça-feira foi preparado no próprio canteiro de obra. Teve shows de duplas sertanejas e pagode, sorteio de brindes e entrega de medalhas para os 'funcionários' padrão da Odebrecht, a construtora que tem por obrigação construir o estádio até fevererio de 2014.

Mais conteúdo sobre:
ChurrascooperáriosItaquerão

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.