Chuva alaga ruas e assusta moradores na Capital e Grande SP

Uma chuva forte, que teve início por volta das 2 horas da madrugada desta quarta-feira, causou vários pontos de alagamento na zona sul da capital paulista, principalmente nos bairros de Interlagos, Socorro e região da marginal Pinheiros. Em Carapicuíba, na Grande São Paulo, várias casas foram invadidas pelas águas. Entre os sete pontos de alagamento registrados pelo Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE), dois deles estavam intransitáveis até as 4 horas.São eles: Marginal de Pinheiros, sentido Interlagos, 300 metros antes da Ponte do Morumbi; e Avenida Interlagos, sentido centro-bairro, junto à Rua Austregésilo Ataíde. De toda a capital paulista, só não foram colocados em estado de atenção a zona leste e a Marginal do Tietê, entre o fim da zona norte e o início da zona leste.Um muro de 12 metros de comprimento desabou na Rua São Luiz de Oliveira, no Parque Independência, região do Capão Redondo, zona sul. Moradores do bairro temem que a força da água e do vento façam o mesmo com as paredes de suas casas. Em Carapicuíba, na Grande São Paulo, várias casas localizadas na Rua Maria Dilza Santos Lima, no Jardim Beatriz, foram invadidas pela água. O mesmo ocorreu no Jardim Rochdale, em Osasco, cidade vizinha a Carapicuíba. A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) providenciou o bloqueio no cruzamento entre a Rua Alves dos Santos e a Estrada do Campo Limpo, devido ao risco iminente de transbordamento do córrego Pirajuçara. Moradores já foram alertados.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.