Chuva alaga ruas em Rio Grande; navios continuam parados

O terceiro dia de chuva ininterrupta em Rio Grande, na zona sul do Rio Grande do Sul, alagou diversas ruas da cidade na madrugada deste sábado. A prefeitura retirou duas famílias de casas ameaçadas de inundação. O mau tempo, provocado por um ciclone extratropical no Oceano Atlântico, manteve condições adversas à navegação, com rajadas de vento de até 70 quilômetros por hora e ondas de dois a quatro metros. Dois navios permanecem ancorados no porto desde a noite de quinta-feira, assim como cerca de cem barcos de pescadores que procuraram abrigo há cinco dias, quando os serviços de meteorologia começaram a emitir avisos da formação do ciclone. Ao mesmo tempo, a chegada de uma massa de ar polar fez a temperatura cair em todo o Rio Grande do Sul. Na fronteira com o Uruguai e na serra, os termômetros marcaram dez graus ao amanhecer. A nebulosidade deve se afastar do Estado neste domingo, quando, mesmo com sol, a temperatura vai cair ainda mais.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.