Chuva causa alagamentos e complica trânsito em São Paulo

O motorista que trafegava pela capital paulista na noite desta quinta-feira, 8, enfrentava problemas por causa dos alagamentos provocados pela chuva que cai na capital paulista desde a madrugada. Às 19 horas, a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) registrou 121 quilômetros de congestionamento em toda a cidade, índice acima da média para o horário, que é de 94 quilômetros. Dos 41 pontos de alagamento registrados pelo Centro de Gerenciamento de Emergências da Prefeitura (CGE) até às 19 horas, 21 continuam ativos, sendo três intransitáveis. Os motoristas estavam impedidos de trafegar pela Avenida Professor Ascendino Reis, altura da Praça Juca Mulato; na Rua da Cantareira, junto à Avenida Senador Queirós; e pelos dois sentidos da Avenida Braz Leme, próximo à Ponte Casa Verde. Um acidente envolvendo um caminhão e três carretas continua prejudicando o trânsito na Avenida dos Bandeirantes, sentido Marginal do Pinheiros, junto ao Viaduto João Julião da Costa Aguiar. Segundo a CET, o engavetamento aconteceu por volta das 14 horas e os veículos ainda ocupam três das quatro faixas da via. Ninguém se feriu. Às 19 horas, o trecho mais crítico para os motoristas estava no Corredor Norte-Sul, formado pelas avenidas 23 de Maio, Rubem Berta e Moreira Guimarães, em direção à Santana, onde o engarrafamento era de 7,5 quilômetros, desde o Viaduto Indianópolis até a Praça da Bandeira. Na pista expressa da Marginal Pinheiros, rumo à Rodovia Castelo Branco, a lentidão era de 5,5 quilômetros, entre as pontes Morumbi e Cidade Universitária. Já na via expressa da Marginal do Tietê, sentido Lapa-Penha, a morosidade era de 5,5 quilômetros, desde a Ponte Limão até a Rua Azurita. Deslizamentos As chuvas na cidade de São Paulo provocaram sete deslizamentos de terra, cinco desabamentos de muros e dois de casas, além de um solapamento na Avenida Ceci, altura do número 1.400, em Moema. Todos ocorreram entre 8 e 18 horas desta quinta, segundo a Coordenadoria da Defesa Civil Municipal. Os dois desabamentos de casas foram registrados na zona sul da Capital. No primeiro, às 10h39, um barraco desabou na Rua Bartolomeu Ordenez, no Jardim Icaraí, e atingiu outra moradia. O segundo, às 14 horas, foi na Rua Tijuape, Morro de Índio, e uma pessoa teve de ser resgata pelo Corpo de Bombeiros. Moradores dos bairros Jardim Elba e Jardim Peri também acionaram a Defesa para a realização de vistorias em edificações de duas casas. Na noite de quarta, houve uma inundação na Rua Capitão Oliveira Carvalho, no Jardim Rincão, um deslizamento de terra na Avenida Coronel Sezefredo Fagundes, em Furnas, e uma queda de muro na Rua Curupireira, no Parque Santa Madalena. Segundo a Defesa, as Subprefeituras de Butantã, Lapa, Parelheiros, Ipiranga, Jabaquara, Cidade Ademar, Penha, São Miguel Paulista, São Mateus, Cidade Tiradentes, Guaianases, Itaquera, Ermelino Matarazzo, Perus e Pirituba/Jaraguá estão em estado de atenção para deslizamentos. E as de Vila Prudente/Sapopemba, Jaçanã/Tremembé, Freguesia do Ó/Brasilândia, Casa Verde/Cachoeirinha, M´Boi Mirim, Campo Limpo e Capela do Socorro, em estado de alerta.

Agencia Estado,

08 Fevereiro 2007 | 19h48

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.