Chuva causa estragos na região Oeste do Estado de SP

Uma chuva forte acompanhada de vendaval destruiu lavouras, destelhou casas e derrubou árvores na região de Presidente Prudente, no interior de São Paulo. Uma igreja evangélica teve as telhas arrancadas pelo vento, que chegou a mais de 60 quilômetros por hora. Segundo os vizinhos, não havia ninguém no local no momento da ventania. Um homem que estava na casa da frente escapou por sorte da queda de um pé de manga na cozinha da residência. Em Tupi Paulista, segundo o Bom Dia SP, da TV Globo, a tempestade também causou diversos prejuízos. Oito das 15 estufas existentes numa propriedade foram danificadas, representando uma perda de R$ 12 mil só com a estrutura e outros R$ 15 mil com as plantações de pepino. Numa chácara, parte do telhado foi levado pela fúria do vento, assustando os moradores. A ventania também atingiu boa parte da área urbana da cidade. Algumas árvores caíram e outras foram totalmente arrancadas. Uma fábrica de móveis teve a cobertura de alumínio retorcida.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.