Chuva causa transferência de 13 vôos de SP para Campinas

A forte chuva que caiu em São Paulo na noite de quarta-feira, 7, levou 13 aviões que aterrissariam na capital paulista a mudarem sua rota para o Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas, interior do Estado de São Paulo. Segundo informou a Empresa Brasileira de Infra-Estrutura Aeroportuária (Infraero) em Campinas, as empresas optaram por mudar o destino apenas por causa das condições climáticas desfavoráveis em São Paulo. A Infraero em Congonhas informou que mesmo neste aeroporto o que determinou a mudança de rota foi a chuva e que a decisão das empresas não teve ligação com a determinação do Tribunal Regional Federal, de interromper pousos e decolagens em Congonhas em dias de temporal. Dos 13 vôos redirecionados, oito iriam para Cumbica, dois deles com partida de Belo Horizonte e os outros, de Brasília, Maceió, Salvador, Buenos Aires, Amsterdã e Santiago. Os outros cinco pousariam em Congonhas, saídos de Recife, Brasília, Salvador, Campo Grande e Goiânia. Segundo informou a Gol, por meio de assessoria de imprensa, nenhuma reclamação de passageiro foi registrada no balcão de atendimento. A TAM registrou reclamações pontuais, mas segundo informações da companhia, os passageiros foram informados que a mudança de rota ocorreu para preservar a segurança do vôo.

Agencia Estado,

08 Fevereiro 2007 | 19h16

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.